Coordenadoria de Tesouro do Estado

Coordenadoria de Tesouro do Estado

Sobre o Cargo

A Coordenadoria de Tesouro do Estado tem por finalidade administrar as finanças públicas do Poder Executivo Estadual, através da gestão fiscal eficiente e monitoramento dos seus indicadores e riscos fiscais, com o objetivo de promover a sustentabilidade fiscal e o equilíbrio financeiro de Rondônia.


Resultados Esperados (2020-2022)

Espera-se que o Coordenador de Tesouro do Estado:

  • Consolide a visão analítica do tesouro do Estado, por meio da construção de cenários para o controle do Fluxo de Caixa
  • Auxilie a implementação do novo Sistema Integrado de Gestão Financeira e Contábil - SIGEF
  • Construa a nova sistemática do controle de despesa do estado, com o viés de Programação Financeira
  • Contribua para o monitoramento da qualidade das despesas e gastos do estado de Rondônia
  • Conduza a Coordenadoria de Tesouro do Estado para uma atuação integrada com outras áreas, órgãos e afins
  • Atue para o efetivo funcionamento da Junta de Progrmação Orçamentária e Financeira - JPOF​


Requisitos de Acesso

  • Ser servidor público efetivo há, no mínimo, 05 (cinco) anos completos na data de início do processo seletivo;
  • Possuir diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Administração, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Finanças ou cursos correlatos com reconhecimento do MEC;
  • Ter ocupado cargo de gestão por, no mínimo, 02 (dois) anos;
  • Ter, no mínimo, ​02 ​(dois) anos de atuação em área de contabilidade ou similar;
  • Não ter sofrido penalidade administrativa no triênio anterior ao pleito;
  • Cumprir com os critérios de ocupação de Cargos de Direção Superior - CDS Previstos na Lei Complementar n. 68 de 09 de dezembro de 1992, Lei Complementar n. 965, de 20 de dezembro de 2017 e Lei n. 2.928, de 19 de Dezembro de 2012, denominada "Lei da Ficha Limpa Estadual".


Conhecimentos Desejáveis

  • Especialização em Gestão Pública, Ciências Contábeis, Finanças, Economia e cursos correlatos
  • Conhecimentos em Finanças Públicas, Planejamento e Orçamento, Contabilidade Pública e Administração Pública
  • Noções de Economia
  • Conhecimento da Lei 101/2000 e da Lei 4320/1964


Competências Comportamentais Necessárias

  • Gestão da Mudança
  • Gestão de Conflitos
  • Gestão e Desenvolvimento de Pessoas
  • Planejamento e Organização
  • Solução de Problemas
  • Orientação para Resultados
  • Visão Sistêmica


Atribuições e Responsabilidades

  • Subsidiar o Secretário de Estado da Finanças e o Governador do Estado na formulação da política financeira e fiscal e na gestão das finanças do Poder Executivo Estadual;
  • Planejar, controlar e avaliar as atividades inerentes à administração financeira estadual;
  • Informar a viabilidade financeira decorrente de atos, contratos ou convênios de que o Poder Executivo Estadual seja parte ou interveniente;
  • Propor celebração de convênios e contratos com órgãos e entidades públicas e privadas, para permutas de informações, métodos e técnicas de administração financeira;
  • Coordenar a atividade gerencial da dívida pública do Estado de Rondônia;
  • Contribuir no processo de confecção das Leis Orçamentárias e Metas Fiscais, encaminhando à SEPOG as informações financeiras necessárias a sua correta formulação;
  • Propor à Junta de Programação Orçamentária e Financeira – JPOF a programação financeira do Poder Executivo Estadual e executá-la após aprovação;
  • Acompanhar o fluxo de caixa de todos os recursos do Poder Executivo Estadual, o desembolso dos pagamentos e os ativos e passivos financeiros públicos;
  • Participar na gestão da despesa pública do Estado de Rondônia com eficiência, eficácia e efetividade, com o objetivo de aprimorar a qualidade do gasto público;
  • Zelar pelo cumprimento das obrigações relacionadas ao Programa de Reestruturação e Ajuste Fiscal – PAF;
  • Coordenar e propor normas das atividades de abertura, movimentação e encerramento das contas bancárias da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual;
  • Coordenar atividade gerencial da conta única do tesouro estadual, propondo normas para seu fortalecimento, em atendimento ao princípio da unidade de tesouraria;
  • Propor, elaborar e editar normas relacionadas às áreas de sua competência;
  • Assessorar o Secretário de Estado de Finanças em suas atribuições na JPOF.


Estruturas sob sua gestão

  • Gerência de Controle da Dívida Pública
  • Gerência de Operações e Programação Financeira​
  • Gerência de Contas Bancárias do Tesouro


Condições e Regime de Trabalho


CDS 12
R$ 7.173,80

Carga Horária
40 horas semanais

Encerrado

Editais e Retificações

Nome Arquivo
Portaria nº 665
Convocação 3ª ETAPA: Entrevista com o Gestor da Área
Convocação 2ª ETAPA: Entrevista por Competências
Retificação SELECIONA RO
Retificação COTES
Edital COTES